Social

Vídeos

/

24 Fevereiro 2017

As visíveis dificuldades de um esquiador venezuelano no campeonato do mundo de esqui nórdico

Durante o evento do Campeonato Mundial de Esqui Nórdico 2017 em Laht, na Finlândia, o esquiador venezuelano Adrian Solano, de 22 anos, protagonizou momentos verdadeiramente hilariantes durante a sua participação ao apresentar-se nos Mundiais sem ter feito qualquer treino na neve. O venezuelano que já foi apelidado de "pior esquiador no mundo", fez com que os espetadores desta competição e os internautas rissem muito com a sua performance.

Num vídeo publicado na Internet, Solano esquia como se nunca na vida tivesse feito tal coisa... não conseguia manter o equilíbrio, caía frequentemente e por fim desistiu da corrida pouco depois de metade da prova.

Solano explicou em entrevista que realmente nunca havia treinado com esquis na neve, tendo praticado apenas "com rodas".

"Mesmo não conhecendo a neve, já que não tive oportunidade de treinar lá, dei o meu melhor. Talvez tenha caído demasiadas vezes o que realmente conta é que vou sempre erguer-me", escreveu o esquiador venezuelano, na rede social Instagram, logo após a prova. Para lá desta mensagem, Solano falou também à AFP, à qual explicou o porquê de não ter treinado na neve.

"Quando cheguei a Paris, a 19 de janeiro, expliquei que estava a caminho da Suécia para treinar. Não acreditaram que eu esquiava na Venezuela. Disse-lhes que treinava em patins... Só tinha comigo 28 euros e a polícia acusou-me de estar a tentar imigrar, pois as coisas no meu país estão muito más. Perdi um mês de treinos na neve. Contudo, continuo a tentar, porque este é o meu sonho", assegurou o venezuelano.

Pelo esforço demonstrado merece o teu "LIKE"!

VAIS GOSTAR: