Baleia salva mergulhadora do ataque de tubarão
10/01/2018

Uma baleia-de-bossas de aproximadamente 22 mil quilos terá salvado a bióloga Nan Hauser de ser atacada por um tubarão-tigre, ao empurrá-la no momento do ataque. Este caso podia ser mais uma história da carochinha, mas o salvamento ficou gravado em vídeo.

Tudo aconteceu quando Hauser estava a nadar ao largo de Rarotonga, nas ilhas Cook. A certa altura, a baleia nadou até junto de si, para prevenir que, alegadamente, a humana fosse alvo de um ataque fatal. A bióloga avança que esta pode ser mais uma prova que mostra que as baleias têm uma natureza que as impele a proteger outras espécies, incluindo humanos. Caso se confirme esta hipótese, será a primeira vez que foi registado em vídeo uma baleia a proteger um humano do ataque de um tubarão. Apenas alguns minutos depois de estar a ser empurrada é que a bióloga percebeu que a sombra que via não era outra baleia, mas sim um tubarão.

"Passei 28 anos a proteger baleias, e naquele momento, nem me apercebi que eram elas que me estavam a proteger", assegurou a bióloga.

"Eu não tinha a certeza sobre quais as intenções da baleia ao aproximar-se. E depois ela esteve a empurrar-me durante mais de dez minutos, que pareceram horas. Acabei um bocado magoada", confessou Hauser.

"Eu tentei constantemente afastar-me dela e impedir que me empurrasse com demasiada força, ou que me acertasse com as barbatanas ou com a cauda. Se isso tivesse acontecido tinha-me partido os ossos e perfurado os meus órgãos", disse Hauser, acrescentando ainda que, caso tivesse continuado debaixo da membrana peitoral da baleia, se teria afogado.

É provável que gostes