Social

Vídeos

/

6 Abril 2017

Bruno Borges desapareceu e deixou mensagens misteriosas no quarto

O estudante de psicologia Bruno Borges, de 24 anos, está desaparecido no Brasil desde o dia 27 de março, depois de ter sido visto pela última vez pelo pai quando este o deixou em casa após um almoço. Mais tarde, a família regressou à habitação e Bruno já não estava lá... mas ao entrarem no quarto fizeram uma descoberta misteriosa.

"Entrei e não vi a cama, não vi nada, só vi aquilo tudo", disse o pai do jovem, Athos Borges, ao canal brasileiro "Globo". A disposição da divisão do estudante de psicologia estava alterada. Uma estátua do filósofo Giordano Bruno (1548-1600), avaliada em mais de dois mil euros, estava no quarto, assim como várias transcrições de livros meticulosamente organizadas um pouco por todo o lado.

Quem foi Giordano Bruno?
Giordano Bruno foi um filósofo, teólogo e escritor nascido em Nola, Itália, em 1548, acusado de heresia pelas suas ideias pelo Santo Ofício e morto em Roma, em 1600, queimado na fogueira depois de se recusar a abrir mão das suas doutrinas.

Somando à surpresa dos pais, foram encontrados outros 14 livros em tipografia, organizados em numeração romana. Os objetos invulgares encontrados pela polícia no seu quarto estão a levantar suspeitas. No momento, a família procura algum especialista que possa ajudar a decifrar as diferentes criptografias dos livros.

O caso ganhou enorme visibilidade, gerando diversas teorias questionando o mistério em torno da história. O ponto de maior interesse foram os livros deixados pelo jovem. Algumas pessoas, inclusive, começaram a tentar "traduzir" as transcrições.

A Polícia Civil do Acre acredita que Bruno saiu de casa voluntariamente e deve voltar em breve. De acordo com o delegado geral do estado, Carlos Flávio Portela, o jovem levou com ele um smartphone, um disco rígido e algumas peças de roupas. O smartphone não está a ser utilizado.

O que achas disto tudo? Deixa a tua opinião!

VAIS GOSTAR: