Social

Vídeos

/

11 Outubro 2017

Câmara de videovigilância de elevador apanha modelo a agredir o próprio cão

As câmaras de videovigilância podem ser grandes aliadas no combate ao crime, principalmente quando elas registam o momento exato em que acontece alguma atrocidade. Foi o que aconteceu num elevador de um condomínio luxuoso, na Flórida, nos EUA, quando um cão de raça Shih-Tzu foi agredido pela sua dona, Keevonna Wilson, uma modelo de 24 anos.

O vídeo mostra a dona a pontapear o animal que, sem saída, encolhe-se num canto do elevador. Quando a modelo abandona o local, podemos ver o pobre cão completamente assustado e desorientado.

As imagens captadas pela câmara ajudaram os investigadores a identificar a atacante, que consequentemente foi detida e acusada de crueldade animal. O cão foi entregue aos cuidados do Miami-Dade Animal Services, onde recebeu todos os cuidados necessários.

De acordo com o relatório oficial da polícia, que aponta o possível motivo da reação extremista e violenta de Keevonna Wilson, a dona agiu de tal modo pois o seu cão fez xixi dentro do apartamento.

Após verificarem o estado do animal, os veterinários constataram que ele tinha "contusões bilaterais na área abdominal, contusões bilaterais nas orelhas, dor após palpação da coluna lombar e no abdómen". Apesar dos danos físicos causados, os veterinários acreditam que terá uma rápida recuperação.

O crime aconteceu no dia 20 de setembro e, graças aos moradores e funcionários que trabalham no prédio, a polícia conseguiu prender a mulher que, em sua defesa, disse que não sabia que uma câmara estava a registar o momento.

A agressora pagou uma fiança no valor de 5000 dólares e foi libertada, mas ainda vai enfrentar as acusações de abuso contra animais.

VAIS GOSTAR: