Filtros

Social

Vídeos / 18 Julho 2017

Esta é uma excelente campanha sobre os perigos do uso do telemóvel durante a condução, lançada pelo governo do Cabo Ocidental, na África do Sul. A campanha começa por mostrar várias situações onde as pessoas são incapazes de caminhar e enviar mensagens de texto em simultâneo, e os resultados até que se tornam engraçados... mas, o mesmo, não acontece com o último caso que surge no vídeo.

Com o slogan: "Você não consegue enviar mensagens enquanto caminha, então porque envia mensagens enquanto conduz?", o governo do Cabo Ocidental pretende sensibilizar os condutores para os perigos de enviar mensagens durante a condução.

Um vídeo para ver e partilhar!

Vídeos / 14 Julho 2017

Eis um acidente que aconteceu na Turquia, capaz de deixar uma pessoa baralhada, pois tudo acontece numa sequência de erros, cada um pior que o outro. Há tanta coisa errada neste vídeo... a única coisa positiva foi ver tantas pessoas a querer ajudar.

Vídeos / 10 Julho 2017

Numa estrada de um país que não conseguimos identificar, dois ciclistas seguiam lado a lado, quando pelo menos dois condutores começaram a apitar porque queriam passar. Como é uma estrada onde as ultrapassagens são proibidas, lá tiveram de aguardar, até ao momento em que resolveram ultrapassar, com o segundo a atropelar intencionalmente um dos ciclistas.

O incidente ficou registado em vídeo... confere e deixa a tua opinião!

Vídeos / 30 Junho 2017

Neste vídeo, gravado pelas câmaras de segurança de um restaurante, podemos ver um acidente que aconteceu quando dois homens comiam tranquilamente. O restaurante, que fica em Ontário, no Canadá, foi invadido por uma condutora de 85 anos que passou mal e desmaiou.

Os homens apanharam um grande susto, mas ficaram apenas com ferimentos ligeiros.

Vídeos / 23 Junho 2017

Numa autoestrada da Califórnia, nos EUA, aconteceu uma discussão em movimento entre um motociclista e um condutor que causou um aparatoso acidente. Chris Traber estava a conduzir quando a câmara que levava no seu carro filmou a cena, onde podemos ver o motociclista a dar um pontapé no carro que seguia ao seu lado.

O condutor do carro reagiu da pior maneira: atravessou-se à frente da moto, procurando derrubá-la, mas o gesto teve maus resultados, pois o carro entrou em despiste, chocou contra o separador de betão e foi projetado para o lado direito da estrada. Quem mais sofreu foi outro condutor que circulava pela direita.... sem nada ter a ver com o caso, foi abalroado e o veículo capotou.

A Polícia de Trânsito da Califórnia está a procurar o motociclista que despoletou todo o acidente. "Obviamente que foi um caso de fúria na estrada (road rage). O motociclista foi visto a pontapear o carro. É um episódio horrível, mais pessoas podiam ter ficado feridas", comentou o agente Josh Greengard, da polícia americana.

A polícia quer ouvir a versão do motociclista, uma vez que as imagens mostram que o carro que pontapeou se atravessou à sua frente. "Precisamos de ouvir o lado do motociclista, para perceber o que levou a este incidente. Não temos a certeza sobre o que aconteceu mais atrás", informou Greengard.

Vídeos / 20 Junho 2017

Uma empresa de reboques foi chamada para remover um BMW na sequência do embate com um táxi. Após se encarregar de colocar o veículo preso ao reboque, seguindo o protocolo exigido, e depois de todo aquele trabalho... algo inesperado aconteceu e o carro acabou ainda com o pára-choques partido e com a frente contra um poste.

Vídeos / 7 Junho 2017

O motociclista Joshua Boyd sofreu um acidente brutal após ter ficado inconsciente em cima da moto, após ser atingido por uma peça que se desprendeu da moto da frente.

Boyd, que competia no Campeonato Britânico de Superstock 1000, no circuito de Snetterton, em Inglaterra, seguia a 225 km/h quando o acidente aconteceu. Felizmente, não sofreu lesões graves.

Nas redes sociais, o motociclista criticou a organização: "Os organizadores só se preocupam quando o nível de ruído está alguns decibéis acima do limite, mas não verificam se as motos estão aptas para rodar. Uma peça não se solta se for fixada corretamente. Aquele sábado poderia ter sido o último da minha vida. A peça chocou contra a minha cabeça quando seguia a 225 km/h e fiquei inconsciente de imediato. Não me recordo do incidente, só me lembro que deixei as boxes e depois já estava a acordar no hospital com a visão distorcida".

Vista Post a Post: Anuncio Paginação

Páginas