Filtros

Social

Vídeos / 25 Julho 2017

Por esse mundo fora o abandono de animais é algo que as associações lutam para conseguir dar abrigo a todos os resgatados, cuidar e doá-los para pessoas responsáveis.

Muito recentemente, durante um passeio pela montanha na Grécia, Aragon e a sua dona, voluntária de uma ONG, encontraram uma caixa com gatinhos abandonados no meio do nada. Se não fosse pelo faro de Aragon eles jamais seriam encontrados.

A voluntária fez o resgate e levou-os para a sua casa. Aragon tornou-se um pai adotivo maravilhoso para os gatinhos e o vídeo deles juntos é de extrema fofura! smiley

Vídeos / 25 Julho 2017

Sabemos que as baleias jubarte são muito grandes e consequentemente extremamente pesadas, chegando em média às 36 toneladas quando na fase adulta, que é aproximadamente o mesmo peso de 24 hipopótamos adultos. Contudo, isso não impediu que esse mamífero saltasse completamente para fora da água na África do Sul.

O momento foi captado por Craig Capehart no Oceano Índico, ao largo da costa de Mbotyi, quando o mergulhador estava sentado num barco insuflável e o gigante gracioso decidiu fazer um espetáculo para ele.

"Parece que nunca foi feita uma gravação de uma baleia jubarte adulta a sair inteiramente para fora da água! É um acontecimento muito raro, de facto." escreveu Craig na legenda que acompanha o vídeo. "Golfinhos e até mesmo grandes tubarões brancos foram vistos a voar fora da água, mas essa é a primeira vez para uma baleia jubarte adulta".

Imagens / 25 Julho 2017

A maioria das pessoas tem uma imagem negativa dos ratos. Mas a fotógrafa e designer gráfica Diane Ozdamar, criou um projeto chamado "Fancy Rats" que consiste em fotografar ratos, todos domesticados, ao longo dos anos. O seu principal objetivo com o projeto é quebrar essa imagem negativa associada aos ratinhos.

De acordo com a artista, o interesse pelos roedores veio de casa, já que ela mesma tem alguns ratinhos de estimação. Ainda segundo ela, "eles são seres sociais altamente inteligentes que amam interagir uns com os outros e com os humanos, além de serem muito amigáveis, brincalhões e muito limpos".

São ratos com acessórios como chapéus, roupinhas e até flores, que mostram toda a sua fofura... quem não se apaixona por eles?! smiley

Clica aqui para ver tudo...

Vídeos / 25 Julho 2017

Paul Roberts estava ausente de casa há cerca de três meses e após o seu regresso quis preparar uma pequena surpresa para o seu cão de raça beagle. A reação do animal assim que descobriu o dono é de extrema felicidade... vale a pena assistir a este momento! smiley

Vídeos / 25 Julho 2017

Como é habitual a Discovery Channel dedica uma semana de programação sobre tubarões (a famosa 'Shark Week'), num evento anual em que o canal de televisão exibe uma série de programas sobre o temido animal. E foi num desses programas que o astro norte-americano Michael Phelps defrontou um tubarão branco numa corrida simulada de 100 metros em alto mar.

Phelps nadou 100 metros no oceano da África do Sul em 38,1 segundos, contando com roupa de mergulho e pés de pato para se igualar às condições do oponente. Mas, ainda assim, o tubarão cumpriu o mesmo trajeto em 36,1 segundos.

Independentemente do resultado, muitos fãs criticaram a "corrida", exibida como uma montagem para fazer parecer que peixe e homem estavam a nadar lado a lado, em alto mar. Ao exibir a disputa, o canal avisou que aquilo era uma montagem. Phelps foi gravado a nadar os 100 metros de prova sozinho, assim como o tubarão. Depois, a produção do programa uniu as duas sequências numa só.

Vídeos / 21 Julho 2017

No dia 28 de junho, no mar Jónico, uma equipa do Instituto de Investigação de Tethys testemunhou o momento em que uma progenitora tentou reanimar um golfinho bebé que tinha morrido. Os investigadores foram alertados para a presença de um golfinho-nariz-de-garrafa fêmea, que estava a interagir com uma cria sem vida. Acredita-se que tenha morrido poucas horas antes da equipa receber o alerta.

"A fêmea elevava o pequeno corpo acima da superfície e empurrava-o repetidamente no que parecia ser uma tentativa frenética de reanimar a sua cria. Era claro que não tinha aceitado a ideia de a deixar para trás", contou Joan Gonzalvo, líder da equipa de investigação.

Não é a primeira vez que este comportamento é observado em cetáceos, mas as imagens recolhidas serão provavelmente as imagens com mais qualidade que ilustram este comportamento dos golfinhos. A equipa manteve uma distância razoável dos dois espécimes, para evitar perturbar a fêmea, que não era desconhecida deles. Desde 2003, que a "progenitora" estava marcada com um número identificativo.

"Experiências como esta relembram-nos da necessidade de explicar ao público que os golfinhos e os humanos não são assim tão diferentes", afirmou Joan Gonzalvo, diretor do "Ionian Dolphin Project".

Para o biólogo, os golfinhos são dotados de inteligência emocional. "Não há dúvida que nós, humanos, somos seres inteligentes e emocionais. Não é presunçoso admitir que somos os únicos?", questionou o espanhol.

Vista Post a Post: Anuncio Paginação

Páginas