Filtros

Social

Imagens / 2 Maio 2017

O pequeno Brandon Emery, de 14 meses, precisou de ser resgatado após ficar trancado no carro da mãe num estacionamento em Cornwall, na Inglaterra, na passada sexta-feira. Tranquilo durante toda a operação, o menino foi fotografado a rir-se da traquinice que pregou à mãe, Kirsty Green, que descarregava os sacos do supermercado, enquanto este se encontrava no interior do carro, assim como as chaves da viatura.

Brandon trancou-se e só conseguiu sair quando os bombeiros forçaram a fechadura e o retiraram são e salvo. Enquanto as tentativas aconteciam, o bebé só se ria do que tinha aprontado.

Incansáveis foram as forças de salvamento que, segundo diz a mãe ao Daily Mail: "Ao mesmo tempo que estavam a tentar entreter o Brandon, ele estava a fazê-los rir. Foram fantásticos". Agradecida, a mãe elogiou o trabalho dos homens: "Eles foram incríveis, e eu acho que, assim como eles estavam a manter Brandon entretido, eles também deram muitas risadas com ele".

O menino foi retirado em segurança e, sempre muito risonho, passa bem! smiley

Notícias / 27 Abril 2017

No estado do Kansas, nos EUA, um condomínio de apartamentos criados para resistirem a um desastre nuclear já têm lotação esgotada. Cada casa custou dois milhões de dólares.

Após os atentados de 11 de setembro de 2001, o empresário Larry Hall começou a construir bunkers subterrâneos nos Estados Unidos em bases militares abandonas, capazes de resistir ao "fim do mundo" com o maior luxo possível.

Os habitantes destes luxuosos apartamentos contam sobreviver no caso de haver um ataque nuclear, guerra, ataque terrorista, epidemias ou falta de comida. Os apartamentos estão no subsolo e o andar mais profundo fica localizado a cerca de 55 metros de profundidade.

Clica aqui para ver tudo...

Vídeos / 26 Abril 2017

Quando o estudante de enfermagem Johnny Wade, da Universidade Lincoln Memorial, dos EUA, se propôs a experimentar um simulador de contrações de parto, certamente não imaginava o que aí vinha.

O momento foi registado em vídeo e é possível ver o estudante a contorcer-se todo de dores e aos gritos, em apenas 20 segundos de teste, enquanto os colegas assistem e caem na gargalhada. Nem mesmo a "palavra de segurança", que faria a simulação ser interrompida, Johnny teve forças para dizer.

Em entrevista ao jornal britânico "Daily Mail", o estudante de enfermagem afirma que imagina uma dor ainda maior num parto, já que o simulador gera dores mais superficiais. Apaixonado por desportos radicais, no qual já passou por algumas quedas e lesões, diz que nunca tinha sentido uma dor tão forte.

Vídeos / 20 Abril 2017

Este é um vídeo com pouco mais de 5 minutos, produzido pelo diretor de cinema americano Jacob Schwarz, com imagens deslumbrantes da beleza do Peru, filmadas completamente em 8K... o que proporciona uma experiência absolutamente incrível para quem assiste (mesmo em resoluções inferiores).

Um vídeo para assistir na maior resolução que o teu dispositivo suporta... VALE CADA SEGUNDO! smiley

Vídeos / 14 Abril 2017

Consegues imaginar a logística que está por trás das empresas chinesas de triagem de correspondências? Neste vídeo, de uma empresa de triagem e transporte "STO Express" em Tianjin, na China, podes constatar que existe um exército de robôs que ajudam a selecionar rapidamente as encomendas para envio nos Correios da China.

Estes robôs podem classificar até 200 mil pacotes por dia e são auto-recarregáveis, o que significa que eles estão operacionais 24h por dia/7 dias por semana.

Graças a este sistema, a empresa afirma que reduziu 70% dos custos que uma linha de classificação baseada em humanos exigiria.

Vídeos / 13 Abril 2017

Scotty Allen, um programador com grande afinidade com a electrónica, passa parte do seu tempo em Shenzen, na China, uma cidade onde abundam mercados de eletrónica e peças. Recentemente meteu na cabeça que ia construir o seu próprio iPhone a partir do zero. Foi então que começou a visitar mercados de electrónica à procurada de todos os componentes necessários.

Como vais ver no vídeo, Allen conseguiu mesmo comprar todas as peças e montar o seu próprio smartphone, um iPhone 6s de 16 GB Rose Gold. O sistema operativo, iOS 9, já vinha instalado numa placa que comprou.

Algumas das peças usadas são originais da Apple, encontradas em sucatas e desmontadas de telefones inutilizados. Dois meses depois e 300 dólares (cerca de 280 euros) gastos em componentes, Allen conseguiu finalizar o seu próprio iPhone.

Atenção que 300 dólares é o preço das peças que precisou para construir o aparelho do zero... já toda a aventura ficou bem mais cara, como é óbvio!

Vista Post a Post: Anuncio Paginação

Páginas