Filtros

Social

Notícias / 23 Outubro 2017

Debbie Baigrie foi vítima de um assalto seguido de tentativa de assassinato por Ian Manuel, na época com 13 anos. Apesar de ter sido condenado à prisão perpétua, ele conseguiu a sua liberdade 27 anos depois e foi recebido por ela do lado de fora da prisão.

Foi exatamente no dia 27 de julho de 1990, que Debbie Baigrie, então com 28 anos de idade, estava a caminho da casa de uns amigos na Flórida, quando avistou um grupo de rapazes a vir em sua direção. Aquela era a primeira noite fora da norte-americana, desde o nascimento do seu segundo filho.

Com uma arma apontada à sua cabeça, e ainda dentro do carro, Debbie ouviu de um deles: "Estou a falar a sério, desista". Em questão de segundos, houve um disparo e a bala atravessou a boca de Debbie. Milagrosamente, ela sobreviveu ao ataque, depois de mais de 40 operações, durante os dez anos seguintes.

Três dias depois do ocorrido, Ian Manuel, de 13 anos, confessou o crime. Em fevereiro de 1991, ele foi acusado da culpa de assalto à mão armada e tentativa de assassinato, o que lhe rendeu a pena de prisão perpétua sem liberdade condicional. Nenhum dos outros envolvidos no crime foram identificados.

Apesar do choque ao descobrir a idade do menino, Debbie, que chegou a dizer no julgamento que o rapaz deveria ser reabilitado e não preso, decidiu que era preciso focarem-se na sua recuperação. "A minha única prioridade na altura era ajudar-me a mim mesma. Fiquei traumatizada", contou à revista People.

Até que, naquele mesmo ano, ela recebeu um telefonema inesperado. Era Manuel, que lhe tinha ligado para pedir desculpas e perdão pelo que fez. Ela aceitou. A partir dessa conversa, uma amizade nasceu entre os dois. "Foi difícil ouvir a voz dele. Exigiu-me muita coragem", confessou.

Durante toda a adolescência que passou atrás das grades, Manuel pode contar com toda a ajuda de Debbie. "Ela foi uma mãe para mim. Ajudou-me a crescer", contou Manuel.

Prova disso está no facto de Debbie ter sido uma das suas maiores defensoras. Juntamente com a ONG Equal Justice Initiative, de Alabama, que se envolveu com o caso em 2006, ela ajudou-o a garantir a sua liberdade.

Em novembro de 2016, ano em que Manuel completou 40, ele conquistou a sua liberdade graças a uma decisão da Suprema Corte, datada de 2010, que passou a proibir sentenças de prisão sem previsão a jovens acusados de crimes que não fossem assassinato.

E quem estava do lado de fora da cadeia para recebê-lo? Debbie. "Tive a oportunidade de viver uma grande vida enquanto ele estava atrás das grades", recorda ela. "Ele era tão jovem. Com o passar do tempo, pude notar ainda o quão inteligente e pensativo Manuel também era. Agora, ele terá uma segunda oportunidade."

Vídeos / 19 Outubro 2017

Num campo de futebol em Bogotá, na Colômbia, um homem chamado Cesar Daza desenvolveu uma técnica curiosa para ajudar o amigo cego, José Richard Galego, a "ver" e sentir todas as emoções de um jogo de futebol. Com uma pequena placa que simula o campo de futebol, ele move as suas mãos simulando os jogadores para que José sinta a bola que rola, os jogadores que correm, o árbitro que apita e a claque que canta.

José Richard, é o homem cego, que tem síndrome de Usher, uma doença genética que faz com que ele sofra gradualmente a perda da visão e da audição. Felizmente, ele tem amigos como Cesar.

Vídeos / 18 Outubro 2017

Eduardo Yañez, conhecido no México pelos seus papeis em telenovelas, agrediu na semana passada um repórter do canal Univision, por não gostar da pergunta que lhe foi colocada a respeito da sua relação com o filho.

O ator, que não é muito próximo do herdeiro, ficou incomodado com as perguntas do jornalista e não se segurou. "Se estás tão preocupado com o meu filho, manda-lhe dinheiro e conversa com ele", responde Eduardo Yanez.

Recentemente, o filho do famoso disse que o pai era "viciado em drogas, racista e abusador de mulheres".

Após a cena, Yanez desculpou-se através da sua conta do Twitter: "Quero pedir sinceras desculpas ao público e à pessoa agredida por mim. Não foi uma atitude correta. A minha vida pessoal não está à venda".

O canal Univision lamentou o comportamento do ator afirmando que "condena o ato de violência" e que "exige respeito à integridade física dos seus repórteres". Em nota, ainda diz: "A censura e os atos de violência contra qualquer jornalista são reprováveis".

Vídeos / 18 Outubro 2017

Quantas pessoas existem no mundo com tatuagens chinesas ou japonesas que não são sequer destes países? E quantas pessoas hão que pensam ter colocado uma coisa no corpo, mas na realidade colocaram outra?

Pois bem, o protagonista deste vídeo mostra-nos o que lhe aconteceu quando usou a aplicação do Google Tradutor e descobriu o que estava escrito no seu braço... ninguém merece! smiley

Vídeos / 17 Outubro 2017

A Internet está repleta de vídeos com revelações de gravidez emocionantes, mas a surpresa que Kristen Williams preparou para o marido, Cory, é certamente das mais emotivas já partilhadas.

Vendado pela esposa, Cory tinha que adivinhar o que estava a comer. Enquanto isso Kristen avisava os seus seguidores que na verdade o que estava a acontecer não era apenas um jogo de sabores. Quando Cory provou a sua papa de bebé preferida... a surpresa maior aconteceu!

Vale a pena assistir a este belo momento!

Vídeos / 17 Outubro 2017

Nas redes sociais foi partilhado um momento mágico de verdadeira amizade. No duelo entre o Cruz Azul e o América, a contar para a Liga mexicana, um adepto foi filmado a ajudar a narrar um lance de penálti que foi marcado contra a sua própria equipa a um amigo cego, que se encontrava ao seu lado... com a emoção do momento a ser muita!

O Cruz Azul acabaria por perder o encontro por 1-3, ficando nesta última jornada no sétimo lugar da tabela classificativa, com 18 pontos. Já o América conseguiu manter o segundo lugar, com 23 pontos, menos quatro pontos que o líder Monterrey.

Vista Post a Post: Anuncio Paginação

Páginas