Filtros

Social

Vídeos / 4 Fevereiro 2015

O que recebes não é condigno? Muda-te para a política e concorre para eurodeputado. Para teres uma ideia, o Parlamento Europeu gasta cerca de 200 milhões de euros todos os anos para pessoal e serviços, mas a sede do Parlamento Europeu está fechada 317 dias por ano.

Resumindo, cada eurodeputado recebe: um salário bruto mensal de 7956 euros, que após imposto comunitário e contribuição para seguro desce para 6200 euros, subsídio de estadia de 304 euros por cada dia de reunião, subsídio de despesas gerais de 4299 euros mensais e ainda 21209 euros mensais para o staff.

E o mais surpreendente: só trabalham 4 dias por mês!

Vídeos / 22 Janeiro 2015

No dia de ontem no Parlamento, a presença da ministra das Finanças na Comissão de Orçamento e Finanças, ficou marcada por um momento insólito. O deputado comunista Paulo Sá, do PCP, recorreu a uma construção em legos para demonstrar à ministra e aos restantes deputados que não há alívio fiscal em 2015.

Andam mesmo a "brincar" aos políticos!

Vídeos / 21 Novembro 2014

Esta luta aconteceu no Parlamento na passada quarta-feira e colocou frente a frente Eduardo Cabrita, deputado do PS, e Paulo Núncio, secretário de Estado dos Assuntos Fiscais. O socialista tentou impedir o secretário de Estado de o interromper e tirou-lhe o microfone, acusando-o de desconhecer as regras parlamentares.

Mais um tesourinho do nosso Portugal!

Vídeos / 25 Setembro 2014

Freitas do Amaral explicou na RTP Informação com que descaramento e falta de vergonha se rouba e engana os contribuintes. O parasitismo dos que gostam de abusar do dinheiro público está cada vez mais feroz, sem ética... e sem escrúpulos.

O vídeo já tem uns meses mas nunca é tarde para PARTILHAR!

Vídeos / 17 Setembro 2014

Uma multidão em fúria resolveu atirar um controverso deputado ucraniano para dentro de um caixote do lixo. Vitaly Zhuravsky, antigo membro do partido do ex-presidente Viktor Yanukovich, foi apanhado à saída do Parlamento, em Kiev. O deputado, que ainda carregava a mala do trabalho, tentou escapar, mas os homens empurraram-lhe a cabeça sob gritos de palavras de ordem, ofensas pessoais e ainda lhe arremessaram objetos.

Os populares acusam o político de não apoiar leis que dariam um fim à turbulência política do país. "Vivemos num país onde o sangue escorre por sua causa", gritaram os manifestantes.

Vídeos / 20 Maio 2014

Dá para imaginar o esforço que este candidato finlandês ao Parlamento Europeu fez para evitar o vómito, durante um programa em direto para todo o país?

Definitivamente a conversa já estava a enjoar... smiley

Vista Post a Post: Anuncio Paginação

Páginas