Filtros

Social

Vídeos / 23 Agosto 2017

Tori Jenkins, de 20 anos, foi obrigada a sair da piscina do condomínio onde vive, em Knoxville, no Tennessee, EUA, por usar um fato de banho que os administradores do prédio entenderam ser muito revelador e que poderia excitar os adolescentes com quem a rapariga partilhava o espaço. Quem acaba de ler isto pode pensar que a jovem estava quase nua... mas estava longe disso.

Um dos responsáveis pela gestão do prédio chamou a jovem à parte e acusou-a de ter muitas curvas e de estar a usar um fio dental provocador. Na verdade, Tori vestia uma peça única: um simples fato de banho.

A jovem, o namorado e os amigos foram forçados a abandonar a piscina. Tori afirma que até lhe foi pedido que tirasse fotografias para que percebesse quão "inapropriado" era o seu fato de banho.

Aqui fica o famoso fato de banho...

O casal paga 300 dólares por mês para a manutenção da piscina e condomínio, além dos 1000 dólares de renda. O caso foi revelado pelo namorado de Tori nas redes sociais e o casal recebeu milhares de mensagens de apoio. "Estou realmente impressionada com todo o apoio que recebi", escreveu a jovem no Facebook, depois da história ter sido partilhada mais de 20 mil vezes.

Newman, o namorado, escreveu também no Facebook: "Nunca assisti a uma cena de assédio sexual. Até hoje. Nunca vi a minha namorada embaraçada ao ponto de não conseguir enfrentar os seus melhores amigos. Nunca a vi chorar como ela fez hoje. Nunca a vi a querer isolar-se como agora. Tudo porque alguns ignorantes acham que podem policiar o tamanho e a forma do seu corpo".

Imagens / 17 Agosto 2017

Pasuda Reaw, uma tailandesa de 21 anos, impressionou milhares de internautas ao partilhar no Facebook fotos de um processo alternativo de remoção de tatuagem que acabou por deixar uma cicatriz inesperada.

A ideia era apagar a tatuagem e a estudante de artes optou por um tratamento com o produto "Rejuvi", vendido na Internet para remover a tatuagem de rosas no peito. "Inicialmente parecia uma boa forma de remover a tatuagem, pois eu não queria usar laser, mas imediatamente comecei a sentir dores e comichão na zona. Foi uma tortura", contou a jovem.

Pasuda relata que os sintomas pioraram ao longo dos dias, conforme a tatuagem ia se soltando da pele ao redor. Um mês depois, o desenho saiu quase inteiro, mas deixou uma grande cicatriz no seu lugar.

Na publicação, explicou que partilhou as imagens, algumas fortes, para que sirvam de alerta: "O que ficou é muito pior do que era antes. Dói demais e leva muito tempo. Tratamento com laser é muito caro, mas eu gostaria de ter feito porque às vezes a dor da coceira e da cicatriz são insuportáveis. Sejam mais cuidadosos com o que fazem".

Não sabemos se a jovem pretende processar a empresa responsável pelo produto.

Clica aqui para ver tudo...

Vídeos / 16 Agosto 2017

Nos últimos anos, são muitas as montanhas, principalmente na China, que tiveram pontes antigas renovadas com piso de vidro ou receberam novas que desafiam até os mais corajosos a atravessá-las.

Exemplo disso, é a estrutura de vidro que liga até a uma plataforma de observação circular na montanha de Langya, um dos pontos turísticos mais importantes no país, próximo a Pequim, que está a deixar quem a visita e os próprios internautas incrédulos. A ponte de vidro estende-se por um penhasco até alcançar a plataforma, que pode abrigar 200 pessoas de uma vez e está 450m acima do chão.

E tu, tinhas coragem de atravessar esta ponte? smiley

Vídeos / 10 Agosto 2017

Segundo circula na Internet, um senhor octogenário de Aracaju, no Brasil, queria estacionar o SUV do vizinho com mudanças automáticas, quando engrenou a marcha errada e saiu a toda a velocidade, para depois regressar e destruir tudo à sua frente! smiley

Notícias / 9 Agosto 2017

A polícia de Lelystad, na Holanda, deteve no passado dia 1 de agosto o condutor de um Renault Twingo que transportava postes de iluminação no tejadilho. Isso mesmo... 2 postes em cima de um Twingo!

O homem terá roubado os dois postes em plena luz do dia. Quando foi interpelado pela polícia recusou-se a fazer o teste de álcool e não explicou o que pretendia fazer com o material roubado. O incidente foi divulgado no Facebook pela própria polícia, como podes ver aqui.

Mas a história não fica por aqui: o veículo em causa não tinha seguro, o condutor tinha a carta de condução expirada e é suspeito de ter abastecido o carro sem pagar.

É tudo? Não! Uma outra foto divulgada na Internet mostra um colorido Citroën 2CV a rebocar o Twingo carregado com os postes. Certamente o roubo mais hilariante dos últimos tempos!

Vista Post a Post: Anuncio Paginação

Páginas