Social

Notícias

/

7 Novembro 2013

De que música gostam os animais de estimação?

As pessoas já se aperceberam que alguns animais de estimação estão sempre muito atentos a determinadas melodias, chegando mesmo a uivar ou a emitir outro tipo de ruídos quando ouvem sonoridades específicas. A maior parte das pessoas pensa que o animal, assim como o seu dono, está a apreciar a música em si. No entanto, o pesquisador Charles Snowdon diz que não é necessariamente assim, uma vez que os humanos tendem a projetar os seus gostos nas preferências dos próprios animais.

O estudo concluiu que existem músicas próprias para cada espécie animal, logo, os animais não têm a capacidade de se conectarem com o estilo musical humano, o que significa que a nossa música lhes é completamente irrelevante e desinteressante. Para comprovar o seu ponto de vista, Snowdon convidou o violoncelista e o compositor David Teie para produzir umas músicas que, segundo os seus estudos, poderiam ir ao encontro dos gostos dos animais e, consequentemente, ser interpretadas por eles como música efetivamente.

As produções soaram de uma forma muito estranha aos ouvidos dos seres humanos, mas a composição de duas músicas para macacos (que têm o ritmo cardíaco duas vezes mais acelerado que os humanos) tiveram um enorme sucesso junto dos animais. Os gatos também têm um ritmo cardíaco mais acelerado em comparação ao dos seres humanos, o que significa que as suas músicas também podem ser trabalhadas. No caso dos cães, acredita-se que eles possam gostar mais de músicas semelhantes às do gosto humano, uma vez que o seu ritmo cardíaco é mais próximo dos seus donos. Em todo o caso, o sucesso de Teie é tão grande que, atualmente, já vende músicas para felinos através da internet.

VAIS GOSTAR: