Social

Notícias

/

15 Novembro 2013

Gangue de gatos de rua ataca mulher e cadela indefesas

As histórias de gatos, por mais mirabolantes que sejam, nem sempre são nem sempre têm finais felizes. Eles, como animais sem consciência que são, conseguem adaptar-se a tudo o que a vida lhes proporciona e se esta lhes for madrasta, eles também podem agir de forma semelhante para com os seres humanos. Foi o que aconteceu no parque da cidade de Belford, em França, quando uma mulher de 31 anos e a sua cadela poodle foram atacadas e atiradas ao chão por um gangue de gatos de rua. Os felinos deixaram a mulher e a cadela em tão mau estado que as duas acabaram por ir parar às urgências.

No meio da discussão sobre o porquê de tal atitude, surgiu a hipótese dos gatos sentirem que o seu território estava ameaçado pela presença da cadela e por causa disso iniciaram o ataque ao animal e à respetiva dona. Este facto trouxe à tona a questão da existência de um grande número de gatos nas ruas de França e, apesar de eles serem muito queridos, existe a necessidade de controlar a sua população.

As pessoas mais radicais pensam que o extermínio é a melhor opção, ao passo que as pessoas mais ponderadas, defendem a realização de campanhas de responsabilização/sensibilização dos donos e a adoção de animais.

Em todo o caso, fica o aviso! Sempre que for passear ao parque da sua cidade, tenha muito cuidado para não invadir o território dos animais que lá habitam!

VAIS GOSTAR: