Social

Imagens

/

2 Fevereiro 2018

Do luxo à ruína: a mansão abandonada de Mike Tyson em 10 imagens

Mike Tyson estreou-se profissionalmente no mundo do boxe aos 18 anos de idade e ganhou mais de 400 milhões de dólares (293 milhões de euros) com a sua participação nos ringues. O pugilista, que tinha o soco mais forte da história do boxe, cobrava 30 milhões de dólares (22 milhões de euros) por combate.

Mas a sua qualidade enquanto pugilista nem sempre foi acompanhada com agilidade mental e instinto para os negócios. Tyson esteve inclusivamente preso durante anos, tendo sido condenado por violação. Outro momento inesquecível foi a mordidela na orelha de Evander Holyfield. Pelo meio, desperdiçou boa parte da sua fortuna em mansões, carros de luxo e tigres de Bengala.

Em 2004, Tyson entrou em bancarrota após reconhecer uma dívida de 23 milhões de dólares (17 milhões de euros), isto além de dever 17 milhões de dólares (12 milhões de euros) em impostos à habitação nos EUA e Reino Unido, 750.000 dólares (549.000 euros) a advogados e 300.000 dólares (219 mil euros) em gastos com limusine.

Uma das compras mais exorbitantes do desportista foi uma mansão localizada em Ohio, nos EUA, com cinco suites, piscina coberta, campo de basquetebol e jaulas para os seus tigres. Obrigado a vender a propriedade em 1999, a luxuosa mansão foi comprada por um empresário de sucesso que pagou 1 milhão de euros.

Em 2005, a mansão esteve à venda por 2,1 milhões de euros, mas sem sucesso. Atualmente está em ruínas e completamente ao abandono, com planos para ser transformada numa igreja.

VAIS GOSTAR: