Mulher polícia dispara sobre ladrão à porta da escola da filha
15/05/2018

No último sábado, dia 12 de maio, uma mulher polícia reagiu a uma tentativa de assalto à frente da escola onde a filha estuda, em São Paulo, no Brasil. A militar, Kátia Sastre, estava de folga e ia participar nas comemorações do Dia da Mãe, quando um homem se dirigiu às mães presentes com uma arma de calibre 38. Tudo aconteceu num local cheio de mulheres e crianças pequenas que aguardavam a entrada na escola. Enquanto o criminoso revistava um dos funcionários, a polícia tirou da arma e atingiu o homem três vezes, tendo-o ferido no peito e na perna. O assaltante acabou por cair no chão e a mulher polícia desarmou-o e imobilizou-o.

O homem foi levado para o hospital central de São Paulo onde acabou por morrer. Já na unidade hospitalar, o suspeito foi identificado como Elivelton Neves Moreira, de 21 anos. A polícia militar de 42 anos foi homenageada no passado domingo pela corporação onde trabalha. Kátia é casada com um tenente da polícia e mãe de duas filhas de sete e dois anos.

"Essas pessoas [criminosos] descontrolam-se facilmente. Eu não sabia se a reação dele seria atirar nas crianças, nas mães ou no responsável que estava à porta da escola. Pensei apenas em defender as mães, as crianças, a minha própria vida e da minha filha", comentou a militar.