Social

Vídeos

/

1 Agosto 2016

O menino de 4 anos que tem aparência de idoso devido a uma síndrome rara

Bayezid Hossain é um menino de 4 anos de idade que vive no Bangladesh e tem aparência de idoso devido a uma síndrome rara. A mãe do menino contou que as pessoas da comunidade onde eles moram ficam longe da família e que as crianças têm medo de brincar com ele, apesar de Bayezid ter uma inteligência acima da média. Os médicos acreditam que a síndrome rara que afeta a criança é a "progéria", uma doença que faz as crianças envelhecerem rapidamente. O distúrbio inspirou o filme "O Estranho Caso de Benjamin Button", de Scott Fitzgerald.

O menino tem a face inchada, olhos pequenos e uma pele bastante flácida. Além disso, sofre dores intensas nas articulações, tem dificuldade para urinar e os seus dentes já estão tão fracos que partem com frequência. As vítimas de "progéria" normalmente morrem por volta dos 13 anos, devido a acidentes vasculares cerebrais. Bayezid tem também outra condição, que faz com que a pele fique flácida nas dobras, chamada de cutis laxa. Quando nasceu numa maternidade do governo, em 2012, os pais ficaram arrasados quando os médicos disseram que não sabiam como tratá-lo.

A mãe, Tripti Khatun, diz que se surpreende todos os dias em relação à inteligência do filho: "o seu crescimento físico é completamente anormal, mas mentalmente ele tem conversa maravilhosa, é muito consciente e é muito intuitivo para a sua idade".

O pai, Lovelu Hossain, trabalha e gasta tudo que pode com o filho, tentando levá-lo a consultas com médicos de vários lugares: "estivemos em hospitais, santuários e tudo que possam imaginar. No entanto, a sua situação continua na mesma e ele provavelmente está a ficar pior a cada dia. O meu filho não é um bebé normal e é trágico para qualquer pai saber que o seu filho não vai sobreviver por muito tempo". Lamenta não poder fazer nada para salvar o seu filho, devido à sua condição: "é tão doloroso ver que o nosso primeiro filho sofre de uma doença que não pode sequer ser tratada. Como todos os pais, gostaríamos de ver o nosso menino saudável. Mas agora, sabemos que só um milagre vai nos salvar".

VAIS GOSTAR: