Social

Notícias

/

27 Abril 2017

Os "bunkers" luxuosos que te salvariam com grande estilo das tão faladas bombas nucleares

No estado do Kansas, nos EUA, um condomínio de apartamentos criados para resistirem a um desastre nuclear já têm lotação esgotada. Cada casa custou dois milhões de dólares.

Após os atentados de 11 de setembro de 2001, o empresário Larry Hall começou a construir bunkers subterrâneos nos Estados Unidos em bases militares abandonas, capazes de resistir ao "fim do mundo" com o maior luxo possível.

Os habitantes destes luxuosos apartamentos contam sobreviver no caso de haver um ataque nuclear, guerra, ataque terrorista, epidemias ou falta de comida. Os apartamentos estão no subsolo e o andar mais profundo fica localizado a cerca de 55 metros de profundidade.

VAIS GOSTAR: