Social

Imagens

/

6 Abril 2017

Pai chora abraçado aos filhos mortos após ataque químico na Síria

O pai Abdulhamid al-Youssef foi fotografado a abraçar os seus filhos gémeos que foram mortos durante o ataque químico, que matou pelo menos 72 pessoas, na povoação de Khan Cheikhoun, no norte da Síria.

A mulher de Abdulhamid al-Youssef, Dalal, também morreu no ataque, assim como outros 16 membros da sua família. Os rostos das vítimas inocentes do ataque químico foram revelados, depois de Abdulhamid ter pedido ao jornalista Asaad Hannapara para que as fotos dos seus filhos gémeos, que morreram no massacre, fossem divulgadas.

A foto, registada pelo jornalista Asaad Hanna, foi partilhada nas redes sociais e tornou-se rapidamente viral, emocionando internautas por todo o mundo.

O balanço do alegado ataque químico contra a povoação de Khan Cheikhoun eleva-se a 86 mortos, segundo um novo cálculo divulgado pelo Observatório sírio dos direitos humanos (OSDH).

VAIS GOSTAR: