Social

Imagens

/

17 Agosto 2017

Remoção de tatuagem correu MUITO mal e jovem fez questão de mostrar

Pasuda Reaw, uma tailandesa de 21 anos, impressionou milhares de internautas ao partilhar no Facebook fotos de um processo alternativo de remoção de tatuagem que acabou por deixar uma cicatriz inesperada.

A ideia era apagar a tatuagem e a estudante de artes optou por um tratamento com o produto "Rejuvi", vendido na Internet para remover a tatuagem de rosas no peito. "Inicialmente parecia uma boa forma de remover a tatuagem, pois eu não queria usar laser, mas imediatamente comecei a sentir dores e comichão na zona. Foi uma tortura", contou a jovem.

Pasuda relata que os sintomas pioraram ao longo dos dias, conforme a tatuagem ia se soltando da pele ao redor. Um mês depois, o desenho saiu quase inteiro, mas deixou uma grande cicatriz no seu lugar.

Na publicação, explicou que partilhou as imagens, algumas fortes, para que sirvam de alerta: "O que ficou é muito pior do que era antes. Dói demais e leva muito tempo. Tratamento com laser é muito caro, mas eu gostaria de ter feito porque às vezes a dor da coceira e da cicatriz são insuportáveis. Sejam mais cuidadosos com o que fazem".

Não sabemos se a jovem pretende processar a empresa responsável pelo produto.

VAIS GOSTAR: