Social

Notícias

/

2 Junho 2017

Serial killer de 30 anos é condenado à morte e não demonstra qualquer emoção

Nikko Jenkins é um serial killer de 30 anos preso por matar, em 2013, quatro pessoas em Omaha e Nebraska, nos Estado Unidos. Recentemente, o tribunal de Nebraska onde Jenkins foi julgado condenou-o à morte e este não demonstrou qualquer emoção.

Jenkins será o primeiro a receber esta sentença desde que o castigo regressou ao estado americano de Nebraska.

Para além dos homicídios, este indivíduo tem uma obsessão por cortar-se, em homenagem a um "Deus Cobra"... ao ponto de cortar o próprio pénis e marcar 666 na testa! smiley

VAIS GOSTAR: