Social

Notícias

/

27 Setembro 2017

Turistas são perseguidos por mulher nepalesa depois de se queixarem do preço do chã

A britânica Gemma Wilson teve um encontro desagradável na sua visita ao Nepal, quando estava a fazer uma caminhada ao longo do Circuito de Annapurna com o seu enteado adolescente. Exaustos, decidiram parar numa barraquinha para tomar chá, mas assim que a conta lhes chegou às mãos, Gemma ficou bastante impressionada... a dona cobrou 150 rupias quando geralmente ela pagava 50 por uma xícara de chá preto no hotel onde estava hospedada.

"Eu sempre pergunto quanto é antes de comprar mas por algum motivo não fiz desta vez. Eu sempre paguei 50 rupias pelo chá preto. Quando ela disse que era 150 rupias, eu perguntei de novo e ela repetiu, então eu paguei, mas adverti que estava muito caro.", esclareceu Gemma.

Gemma e o seu enteado foram embora, mas pararam para tirar algumas fotografias. Mas a dona quando viu a câmara apontada para ela correu em direção a eles e começou a ameaçá-los com dois pedaços de madeira, que mais pareciam catanas. Depois disso, Gemma só implorava que a deixa-se ir embora, acabando mesmo a chorar por temer pela própria vida. smiley

VAIS GOSTAR: