Social

Imagens

/

15 Dezembro 2016

Veterinário que tirava fotos com animais que caçava... morreu a caçar pássaros

O veterinário Luciano Ponzetto, que ficou conhecido por publicar uma fotografia sua ao lado de um leão morto que ele próprio tinha caçado, morreu durante uma caçada nos arredores de Turim.

O italiano escorregou numa camada fina de gelo quando andava à caça de pássaros selvagens, caindo de um penhasco a mais de 30 metros de altura. Ainda terá sido recolhido por um helicóptero e transportado para o hospital, mas acabou por não resistir aos ferimentos.

A polémica com as fotos de Ponzetto, que provocou a fúria dos defensores dos animais nas redes sociais em 2015, começou quando divulgou uma imagem a posar ao lado de um leão caçado por si, relembrando o mediático caso do leão Cecil, morto no Zimbabwe por um dentista norte-americano. No entanto, o italiano publicava frequentemente fotografias com troféus de caça.

Quando o caso se tornou viral, teve de apresentar a demissão da clínica veterinária que liderava em Turim e moveu ações legais contra os órgãos de comunicação social que trataram a história, alegando que estavam a prejudicar a sua reputação com um caso que não apresentava interesse público.

Chegou também a afirmar que não fez nada de mal e que quem o criticava não o conhecia. "Sempre adorei o meu trabalho e sempre adorei animais", disse então, garantindo que iria continuar a caçar até que a lei fosse alterada.

VAIS GOSTAR: